segunda-feira, 21 de julho de 2008

No topo do mundo




Ontem fui no Top of Rock, no Rockfeller Center. Mais uma vez, vi a mais linda das cidades de cima. Ai ai... surpiros.

Depois fui jantar em um restaurante francês, o Rue 57. Comi um Frech Meatloaf e bebi um champagne básico (restaurante francês né...nada mais natural).

Recadinhos

Adri: A tua (ex) bolsa Victor Hugo saiu para passear comigo ontem.

Vica: Deu pau na carta? Escreve de novo, ora! Tem que fazer por merecer os milhões de Victoria Secret que eu to levando pra ti.

Carol: Avisa a Iara que eu vou me empenhar para encontrar o Pluto!

Renan: Sabe quanto custa um Manolo Blahnik? A bagatela de U$ 3.000 (três mil fucking DÓLARES!). Não vai ser dessa vez que eu vou poder levar um desses pra casa.

Juca: primo desnaturado... apesar de tu nem lembrar que eu existo, eu vejo um bando de coisas aqui que penso “Bah! A cara do Juca”. Aguarde os souvenirs...

Naigler: Arrasando nos comentários! “E quem pode culpa-lás?” ADOREI!

3 comentários:

Carolina disse...

Rubi, estou maravilhada com teu diário, tudo muito lindo. nem acredito que vc está se virando sozinha. Estivemos na praia neste findi, está tudo muito lindo, inclujsive na sua casinha. Saudades, Iára e Newton

Naigler disse...

Champagne chega a ser insultante! rs

Estou morrendo de saudades!

P.s. Ainda não me conformo que vc foi ao cenário do casamento da Karen!

ADRIANA COMPARSI disse...

Le, ainda não consigo te chamar de "Rubi", são mais de vinte anos como Letícia, é difícil. Bom, mas trocando de assunto, adorei que você esteja aproveitando a bolsa, a Vica é desnaturada mesmo, mas eu não sou, então repassa os cremes que você comprou para ela para esta prima aqui. Hahaha. Os souvenirs do Juca, também, pode ser transferido para minha pessoa. Estou adorando te ver tão feliz. Todos os dias dou uma espiada no teu "blog" para ver as novidades, às vezes, chego até a chorar de tão emociada que fico ao te ver tão realizada. A miha mãe e a tua mãe, também, estão sempre dando uma espiada. Mil beijos. Aproveita bastante.